Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Burro na Mesa

Antro de estupidez onde jazem comentários de conteúdo variado | BLOG DE HUMOR

Burro na Mesa

Antro de estupidez onde jazem comentários de conteúdo variado | BLOG DE HUMOR

Isto Damares de machismo

O ano de 2019 mal começou e já existem milícias organizadas no sentido de defender, a todo o custo, os seus ideais. E por incrível que pareça, não me refiro à Venezuela ou algo semelhante. Refiro-me sim ao novo movimento que fiscaliza a indumentária de cada indivíduo consoante o seu género. Confusos? Passo a explicar.

Em Portugal, uma professora de inglês da Escola Secundária de Santa Maria da Feira decidiu considerar errada a resposta de um aluno que escreveu no seu teste que boné, collants e gravata são acessórios que podem ser usados por ambos os sexos. A opinião pública portuguesa já veio condenar a professora, considerando a atitude machista, mas eu venho é condenar o aluno! É que Eduardo Couto, o aluno, é um conhecido apoiante do Bloco de Esquerda, portanto, eu e Catarina Martins esperávamos que ele respondesse que ninguém pode usar gravata! A pensar assim, não chegas aos calcanhares das irmãs Mortágua, meu menino…

Mas não é só em terras lusas que há polémicas. No Brasil, a Ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos gritou efusivamente que «menino veste azul e menina veste rosa», o que nem sequer faz sentido, visto que quando Damares Alves proferiu estas palavras estava vestida de branco. Quer dizer, se pensarmos bem e se analisarmos as suas opiniões e atitudes, ela também não é bem uma «menina» ou uma mulher… É mais uma fêmea da “raça” australopithecus, o que do ponto de vista dela nem é mau de todo, visto que a ministra rejeita todo e qualquer tipo de “homo”, mesmo que seja o homo sapiens. (E é assim que se faz um cristão fundamentalista acreditar na teoria evolucionista de Darwin).

Posto isto, e apesar de me divertir imenso com estas polémicas, tenho conselhos a dar à professora de inglês, ao mini-Louçã e à Maria José Vilaça de Paranaguá, de modo a tornar o mundo um lugar mais pacífico. À ministra brasileira, digo apenas para que largue a cachaça (só o álcool é motivo para que ela tenha declarações como «Na Holanda os especialistas, que fizeram não sei quantas universidades, ensinam que o menino deve ser masturbado com sete meses de idade»). Ao aluno e bloquista Eduardo Couto, sugiro que, caso queira continuar a aprender inglês, vá à livraria mais próxima e que adquira o livro da Cristina Ferreira (tendo em conta a simplicidade das perguntas do seu teste de inglês do 11º ano, de certeza que se aprende mais com o livro do que com as aulas). Finalmente, à professora, apenas tenho a dizer que ponha os olhos em Paula Bobone, que não só usa collants e gravatas, como faz questão de os usar ao mesmo tempo.

damares.png

 

publicado às 21:06

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D

Blogs Portugal